Tag Archive for esporte

Museu do Ipiranga recebe ‘1ª edição do Manobra Radical’

Acontece dia 30 de novembro, domingo, a partir das 9h, a “1ª edição do Manobra Radical”, evento destinado à famílias, jovens, admiradores e interessados no skate. Com a presença de atletas da modalidade, o evento contará com 80 atletas diretos.

Com a presença de Sérgio Negão – old school, Ricardo Tossi e Lécio Neguinho (a confirmar), a 1ª edição do Manobra Radical, que tem como expectativa receber cerca de 1000 pessoas, conta com programação especial, com sorteios, música e a realização do campeonato de mini ramp nas categorias iniciante, feminino, amador 1 e amador 2.

Para inscrição, os interessados devem levar 1kg de alimento não perecível, que será revertido à obras assistenciais de apoio à adictos.

Anote na agenda:

Data: 30 de novembro – domingo

Horário: a partir das 9h

Local: Quintal do Museu do Ipiranga

Endereço: Avenida Nazaré, s/n – Ipiranga – SP

Inscrições: 1kg de alimento não perecível

* Para mais informações curta a página do evento http://www.facebookcom/manobraradicalsp

Informações para a Imprensa: Visual Press Assessoria de Comunicação

Tel: 11 2063-5343 / 2373-4958

Janaina Finardi – janaina@visualpress.com.br – Cel: 11 9.9700-1476

ESPORTE, SOLIDARIEDADE E ATITUDE NA ZONA SUL DE SÃO PAULO

ESPORTE, SOLIDARIEDADE E ATITUDE NA ZONA SUL DE SÃO PAULO

A partir do sonho e vontade de jovem, nasce o Nação Jiu Jitsu, projeto social na zona sul de São Paulo. Aulas de Jiu Jitsu são práticas esportivas gratuitas do local, que já atende mais de 60 jovens em menos de um ano de ação

Que o esporte está diretamente relacionado à recuperação social, isso todos já sabem. Podemos ver muitos projetos engajados na reinserção de pessoas à sociedade por meio de modalidades esportivas. Foi a partir de seu contato com o Jiu Jitsu, esporte que tem conquistado um volume cada vez maior de adeptos no Brasil, que Vander Brandão, colaborador do INAR – Instituto Nacional de Assistência e Recuperação Social, viu a oportunidade de trabalhar com jovens na região do Jardim São Savério, zona sul de São Paulo.

O sonho nasceu durante treino com alguns amigos. “Conversamos sobre os benefícios que o Jiu Jitsu possibilita a cada um de nós e como passar isso para outras pessoas. Foi aí que tudo começou”, explica Vander.

“No início, o trabalho era realizado apenas com adultos. Pudemos perceber mudanças no comportamento e disciplina. Vimos então que o Jiu Jitsu poderia ser um canal também com crianças. Em menos de um ano já é possível ver resultados expressivos com os jovens que trabalhamos”, completa o instrutor do Nação Jiu Jitsu.

Atualmente o projeto Nação Jiu Jitsu atende 60 pessoas, entre jovens e crianças carentes. Sem contar com patrocinadores ou apoio de órgãos públicos, Vander revela como conseguem manter a estrutura. “Conseguimos nosso material por meio de nossos próprios recursos e de acordo com o que podemos investir. Ainda faltam tatames e kimonos para todos o jovens”.

Mas os sonhos e projetos não param por aí. “Temos muitos planos. Estamos animados com tudo o que tem acontecido nesse ano. Queremos oficializar o esporte em nosso país, de forma que seja implantado também nas escolas, como foi o caso em Abu Dhabi, em Dubai”.

Para finalizar, Vander completa “Temos um sonho, que na realidade não é só nosso, mas de todo praticante de Jiu Jitsu. Queremos ver nosso esporte em uma Olimpíada e nossos jovens lá, fazendo parte dessa conquista”.

Sobre o INAR – Instituto Nacional de Assistência e Recuperação Social: Fundado em 2010, mas com atuação informal há 3 anos, o INAR, tem por missão contribuir na formulação e implementação de Políticas Públicas que promovam a inclusão social. Para isso, articula ações, projetos e programas contemplando os princípios da transversalidade, intersetorialidade, autonomia e emancipação cidadã.