Ergonomia participativa: Você já ouviu falar?

ergonomia participativaCada vez mais empresas são responsabilizadas pelos malefícios causados na vida de seus colaboradores. Estresse, problemas na coluna, dores e tantos outros fatores. Mas você sabia que suas atitudes têm tudo a ver com isso?

Dados revelam que, a cada 100 profissionais, um possui sintomas do LER – lesão por esforço repetitivo, líder no ranking de causas de afastamento do trabalho, de acordo com dados divulgados pela Previdência Social. Esse conjunto de ‘incômodos’ fazem parte do que chamamos de resultado de uma ergonomia negativa e que, certamente, você já deve ter ouvido falar.

Mas e ergonomia participativa, você conhece?

Quando algo não está bem e você sente sua coluna ‘reclamar’, ou seu rendimento cair, alguma coisa está acontecendo. Mas como a empresa vai corrigir e melhorar a situação se você não falar? Ergonomia participativa significa feedback, fornecer informações de baixo para cima, do colaborador ao cargo superior.

“É fundamental que as empresas tenham pessoas responsáveis por essa parte, que pode ser alguém do RH, um gerente e até mesmo um líder. O que precisa é envolver a todos. Todos possuem sua parcela de participação”, explica Antonio Claudio Fretz, fisioterapeuta e sócio do Maha Studio do Corpo.

Como orientação, o fisioterapeuta indica quatro primeiros passos para implantar um comitê em sua empresa, responsável pela ergonomia participativa:

  • Implantar sistema de reuniões periódicas para coletar informações sobre a qualidade das condições de trabalho;
  • Contratar um fisioterapeuta que possa realizar uma avaliação ergonômica nos diferentes setores da empresa;
  • Readequar ambiente de trabalho de acordo com a avaliação previamente feita e,
  • Implantar sistema de ginástica laboral, geralmente de 10 a 15 minutos por turno.

“A partir disso as reuniões devem ser periódicas, com orientações de especialistas, pesquisa organizacional”, explica Fretz. E completa. “É um trabalho contínuo, mas que oferece benefícios para ambos: empresa e profissionais”.

Sobre Maha Studio do Corpo: Maha Studio do Corpo é um dos maiores studios de pilates. O espaço atua com técnicas de pilates, yoga, lutas e estética, além de formação de novos profissionais em pilates e eventos.  Localizado no bairro de Moema, em São Paulo, Maha Studio do Corpo oferece o melhor em cuidados com a saúde e bem estar de seu público, por meio do trabalho com o corpo através de atividades físicas individuais ou em pequenos grupos, em um ambiente tranqüilo e relaxante.

Saiba mais em www.mahapilates.com.br e acompanhe as notícias nas redes sociais HTTP://twitter.com/mahapilates