Archive for M3Corp

5 atitudes para garantir segurança de dados nas PMEs

Segundo especialista, as pequenas empresas continuam sendo as mais vulneráveis em segurança cibernética

Dados divulgados recentemente revelam que 52% das empresas tiveram dados roubados por malware. Além disso, outra importante análise revela que o país sofre uma tentativa de fraude a cada 14,7 segundos. E ainda assim, grande parte das pequenas empresas resiste quando se fala em investir sem segurança da informação. “A segurança pode ser bastante simples, se você sabe o que fazer”, destaca Antonio Mocelim Jr, diretor da M3Corp, especialista em segurança de dados para mercado corporativo.

 E completa, “as pequenas empresas continuam a ser particularmente vulneráveis ​​a violações de segurança cibernética, muitas vezes porque não tomam medidas básicas de segurança”.

Veja cinco decisões simples que podem ser adotadas pelo mercado corporativo e garantir a segurança das PMEs:

  1. Treinar funcionários para entender as ameaças cibernéticas;
  2. Mantenha o sistema operacional seguro, sempre instalando atualizações;
  3. Instalar e usar um software antivírus ;
  4. Use senhas complexas , incluindo um mínimo de três letras e um símbolo e,
  5. Mantenha-se atualizado com notícias de segurança e conselhos  sobre as últimas vulnerabilidades.

Sobre a M3Corp (www.m3corp.com.br): Especializada em serviços de internet, a M3Corp possui profissionais com mais de 10 anos de experiência no mercado. Entre seus serviços estão: Consultoria, com destaque ao SaaS. Com cerca de 100.000 licenças, mais de 250 canais em todo o país e 50 parceiros na América Latina, entre Chile, Colômbia, México e Equador, a M3Corp é referência em segurança antivírus para o mercado corporativo.

Mais inteligente cibercrime força indústrias a mudanças drásticas

Relatório elaborado pela Sophos, especialista em segurança, destaca as principais táticas aos crimes móveis e indica o que esperar para 2014

Dados divulgados pelo Relatório de Ameaças de Segurança, da Sophos, especialista em segurança de dados, este ano, os cibercriminosos continuam o tema da profissionalização de sua “indústria”, oferecendo inteligência, novidades e capacitação cada vez maior na busca em amplificar a escala do cibercrime em níveis nunca antes vistos.

“Se 2013 nos ensinou alguma coisa, é que os controles de segurança tradicionais estão lutando. Estes novos comportamentos estão forçando a indústria a adaptar-se e mudar, provocando melhores práticas amplamente difundidas no mercado corporativo”, explica Antonio Mocelim, diretor da M3Corp, especializada em segurança corporativa e parceira oficial da Sophos.

O documento ainda destaca novas preocupações que vão desde ferramentas de malware furtivo, com camuflagem dinâmica, que proporcionam ataques com acesso persistente de longo prazo para os dados dos usuários, à proliferação de dispositivos conectados que representam alvos novos. “Muitos desses novos  aparelhos estão se tornando comuns em nossas casas e infraestrutura de todos os dias, oferecendo aos cibercriminosos o potencial para impactar nossas vidas diárias, em vez de apenas o roubo de informações financeiras tradicionais”, completa Mocelim.

“Estas tendências devem continuar em 2014 como ameaças ainda mais inteligentes, mais sombrias e furtivas”, destaca o executivo.

Em 2014 Sophos prevê maior foco de cibercriminosos em alta qualidade e phishing convincente, além de engenharia social para compensar os sistemas operacionais mais difíceis de explorar como o Windows 8.1; dispositivos embarcados (como sistemas de POS, sistemas médicos e nova infraestrutura “inteligente”) serão abertas velhas feridas como erros de segurança eliminados no ambiente PC moderno; ataques a dados pessoais e corporativos na nuvem continuarão crescendo à medida que os fornecedores se esforçam para refinar a estratégia de segurança nesta nova plataforma de computação e de malware para dispositivos móveis, para tornar-se tão sofisticado quanto os seus parentes de PC.

“Está claro que este ano precisamos observar não apenas a evolução de ataques existentes, mas estarmos preparados para novas ameaças emergentes que não foram previamente tratadas”, destaca Gerhard Eschelbeck, CTO da Sophos. “À medida que a indústria se adapta e reforça os mecanismos de proteção para cobrir novos dispositivos e ameaças, isso é cada vez mais um problema para todos os membros da sociedade, e não apenas para o governo e as empresas”.

Antivírus e firewall são principais ferramentas para garantir segurança corporativa

Empresa alerta para a importância de antivírus e firewall adequado e principalmente atualizado para garantir segurança nas corporações

Com a onda de invasões de hackers em sites como do Governo Federal que ocorreram nas últimas semanas, é preciso que as empresas estejam atentas à segurança de suas informações. O alerta é da M3Corp, empresa especializada em soluções de Internet, que recentemente divulgou uma pesquisa que aponta 70% das companhias já sofreram algum tipo de violação de dados em 2010.

Segundo a empresa, o antivírus e o firewall possuem grande importância quando se fala em redução de riscos e segurança para o mercado corporativo. “Informações sigilosas não podem correr o risco de serem violadas. Por isso, a instalação de um antivírus adequado ajuda a prevenir que o computador seja infectado; já o firewall é um filtro que fica entre o sistema e a internet e controla a conexão com a função de evitar uma invasão a máquina, além de garantir que o site da empresa e setores da empresa fiquem fora do ar, ou até mesmo dados importantes sejam acessados por terceiros.”, explica o diretor da M3Corp, Antônio Mocelim.

O executivo ainda destaca que soluções como o Sophos Endpoint Security e Data Protection estão disponíveis no mercado com um conceito muito mais amplo, onde além do Antivírus e Firewall, é possível prevenir a perda ou extravio de informações com a proteção contra vazamento de dados, assim como a possibilidade de controle de Pendrive e Aplicativos, o que aumenta ainda mais a segurança corporativa.

“Vale pensar no investimento, pois quando se trata de segurança da empresa, estas proteções podem significar a continuidade dos negócios”, finaliza Mocelim.

Sobre a M3Corp: Especializada em serviços de internet, a M3Corp possui profissionais com mais de 10 anos de experiência no mercado. Entre seus serviços estão: Hospedagem de servidores virtuais e dedicados, consultoria, com destaque ao SaaS. Com cerca de 50.000 licenças de Sophos Endpoint, mais de 500 clientes em todo o Brasil, a M3Corp é referência em segurança antivirus para o mercado corporativo.

 

Internet Banking: Oito dicas para deixar seus dados bancários mais seguros

Especialista em soluções para segurança de dados indica como prevenir que dados sejam clonados. Acesso sem o mínimo de proteção torna o ambiente corporativo, como redes e dados, ainda mais vulneraveis 

A maioria das pessoas acessam dados bancários, em algum momento do dia. A maioria, no local de trabalho, onde passam a maior parte do tempo. Dados divulgados pelo Interactive Advertising Bureau (IAB Brasil), revelam que são mais de 400 horas ao mês, por colaborador. O que equivale à duas horas por dia, se considerarmos a jornada de trabalho de segunda a sexta-feira. Isso acontece porque nem todos podem ir ao banco sempre que necessário. Juntando praticidade e agilidade da tecnologia, as pessoas têm o fácil acesso aos dados de sua conta sem sair do local. Antonio Mocelim, executivo da M3Corp, especializada em soluções para segurança de dados, orienta passo a passo com instruções da parceira Sophos, também especializada na área, como fazer para que os dados não fiquem vulneráveis a invasões ou roubos.

Para Mocelim, a principal falha de acesso “é a falta de atenção ao acessar os sites dos bancos e também a falta de uma máquina confiável para estas operações”. Com isso, o correntista pode perder suas informações de acesso e ter como resultado final o roubo de dinheiro de sua conta corrente.

Como orientação ao usuário, o especialista destaca oito dicas de segurança que devem ser aderidas para minimizar os riscos às finanças, segurança bancária e também ao ambiente de trabalho:

1.      Escolha uma conta com dois fatores de autenticação

Tente conseguir uma conta bancária que ofereça mais de uma forma de autenticação para serviços online.

Hoje em dia, muitos, mas não todos os bancos, oferecem um pequeno dispositivo que gera um código único cada vez que você acessa a conta. Esse código só é válido por um curto período de tempo e é requerido em adição ao seu login para acesso da conta online;

2.      Crie uma senha forte

Se o seu banco exige uma senha gerada pelo usuário para acessar contas online, certifique-se de que você escolheu uma senha forte. A melhor maneira de conseguir isso é fazendo com ela seja uma longa mistura de caracteres especiais, números e letras maiúsculas e minúsculas.

Evite usar palavras ou frases comuns e nunca crie uma senha que contenha seu nome, iniciais ou data de aniversário. Se o seu banco permitir, mude sua senha a cada dois meses.

Quando for criar uma conta online, se seu banco pedir respostas para perguntas de segurança padrão lembre-se de que essas respostas não precisam ser verdadeiras.

Então você não precisa responder “Bolinha” para o nome do seu primeiro animal de estimação – faça algo diferente, como se fosse uma senha. Use um gerenciador de senhas se você ficar preocupado de como lembrar tudo;

3.      Proteja seu computador e o mantenha atualizado

O uso de softwares de segurança é essencial hoje em dia, independente do uso de seu computador.

No mínimo, tenha certeza de que você tem um firewall ligado e um software de antivírus funcionando. Isso irá garantir que seu computador esteja protegido de Trojans, keyloggers e outras formas de vírus que podem ser usadas para conseguir acesso aos seus dados financeiros.

Você também vai querer manter seus sistema operacional e outros softwares de atualização, para garantir que não há falhas de segurança;

4.      Evite abrir e-mails de procedência desconhecida

Nenhuma instituição financeira vai mandar um e-mail pedindo a você que forneça qualquer detalhe do seu acesso.

Se você receber um e-mail que aparenta ser de seu banco e pede esse tipo de detalhes, desconfie, pode ser um phishing (vírus que pesca dados) tentando roubar seu acesso.

Tenha cuidado com links em e-mails, que aparentam ser do seu banco – esse é um truque comumente aplicado por aqueles que querem te fazer acessar um site semelhante ao do seu banco, mas não é, por meio dele, quando você acessar sua conta eles irão roubar seu nome de usuário, senha e dinheiro.

Sempre é mais seguro acessar sua conta bancária digitando o endereço direto no seu browser.

Também esteja atento (a) a chamadas telefônicas que fingem ser do seu banco. Enquanto sua instituição financeira pode ter fazer uma pergunta de segurança, eles nunca perguntam senhas, ou números de PIN (eles podem perguntar algumas letras ou números que façam parte de sua senha, mas nunca ela inteira).

Na dúvida, não tenha medo de desligar o telefone e ligar de volta para seu banco, por um número de telefone que você tenha confirmado de modo independente como sendo válido;

5.      Acesse suas contas por meio de um local seguro

É sempre a melhor prática, acessar sua conta bancária usando computadores que você conhece e confia.

Se você precisar acessar sua conta de um lugar remoto, você deve configurar uma VPN (Virtual Private Network) um aplicativo que permite estabelecer uma conexão criptografada para sua rede doméstica, ou acessar sua conta do trabalho.

Procure por um pequeno ícone de cadeado no seu navegador e verifique a barra de endereços – o URL do site que você está deve começar com “https”. Ambos atuam como uma confirmação de que você está acessando sua conta através de uma conexão criptografada;

6.      Sempre faça o log out quando terminar

É bom sempre deslogar de sua conta online quando tiver terminado seus negócios. Isso irá diminuir as chances de você ser vítima de seqüestro de sessão e exploits cross-site scripting (cópia do scripting da sua página de acesso).

Você também deve configurar a precaução extra de navegação privada no seu computador ou smartphone, além de configurar seu navegador para limpar seu cachê no final de cada sessão;

7.      Configurar notificações de conta (se disponível)

Alguns bancos oferecem uma facilidade para os clientes, a de configurar notificações de texto ou e-mail para alertá-los sobre determinadas atividades em sua conta. Por exemplo, se uma retirada iguale ou ultrapasse um valor especificado ou o saldo da conta caia abaixo de certo ponto, em seguida, uma mensagem será enviada. Esses alertas podem notificar rapidamente uma atividade suspeita em sua conta e,

8.      Monitore sua conta regularmente

Monitorar seu extrato bancário todo mês é uma boa prática, qualquer transação não autorizada irá aparecer por lá.

Mas por que esperar um mês inteiro para descobrir uma alteração? Com sua conta online você sem acesso 24h por dia e sete dias da semana, então aproveite essa vantagem e verifique sua conta regularmente. Veja todas as transações desde sua última verificação e se aparecer quaisquer anomalias, entre em contato com seu banco imediatamente.

Quando o cliente informa ao banco que sua conta foi movimentada por um cibercriminoso, a instituição financeira abre um processo administrativo para apurar se houve falha de segurança do site ou não. Nos casos mais comuns, os cibercriminosos atacam o computador do cliente por invasão ou infecção com um software que permite ao criminoso acessar o computador à distância e roubar seus dados bancários.

Para este ano, a M3Corp, especialista em soluções para segurança da informação, visa aumentar 40% de seu atual faturamento. Para isso, a empresa está investindo em parcerias e novos serviços.

Sobre a M3Corp: Especializada em serviços de internet, a M3Corp possui profissionais com mais de 10 anos de experiência no mercado. Entre seus serviços estão: Hospedagem de servidores virtuais e dedicados, consultoria, com destaque ao SaaS. Com cerca de 50.000 licenças de Sophos Endpoint, mais de 500 clientes em todo o Brasil, a M3Corp é referência em segurança antivirus para o mercado corporativo.

31% DAS PMES ESTÃO VULNERÁVEIS A ESPIONAGEM

Especialista em segurança da Informação destaca que falta de política e de investimentos são os principais fatores quando se fala em roubo de informações sigilosas nas pequenas e médias empresas

 

Dados divulgados recentemente revelam que os ataques ao mercado corporativo estão crescendo na casa dos 40%. As pequenas e médias empresas ja respondem 31% como vitimas de espionagem no mercado corporativo. Segundo Antonio Mocelim Jr, diretor da M3Corp, especialista em segurança da informação para mercado corporativo e parceira oficial Sophos, “os ataques acompanham a inteligência da informática. À medida que novas soluções aparecem ao mercado, novas invasões acontecem. Por essa razão é fundamental que todos invistam e tenham consciência de que é prevenindo que se conquista estabilidade”.

Entre os itens de maior vulnerabilidade das PMEs estão: dados de clientes, propriedade intelectual e informações bancárias, respectivamente.

 

Sobre a M3Corp: Especializada em serviços de internet, a M3Corp possui profissionais com mais de 10 anos de experiência no mercado. Entre seus serviços estão: Hospedagem de servidores virtuais e dedicados, consultoria, com destaque ao SaaS. Com cerca de 50.000 licenças de Sophos Endpoint, mais de 500 clientes em todo o Brasil, a M3Corp é referência em segurança antivirus para o mercado corporativo.

M3Corp no Portal Brasil Fator

Link de acesso

M3Corp no Baguete

Link de acesso

 

EMC e M3Corp firmam parceria e anunciam o Mozy

Solução oferece backup online e serviços de acesso a recursos móveis para mercado corporativo. A Novidade já possui mais de três milhões de clientes no mundo e agora chega ao Brasil

Com mais de três milhões de clientes e seis anos de serviço, acaba de chegar ao país o Mozy, solução de backup online e serviço de acesso mais popular do mundo. A parceria firmada entre as empresas EMC e M3Corp, especializada em soluções de segurança de dados para mercado corporativo, passa a oferecer a novidade em cenário nacional e também para outros países da América Latina.

Cerca de 80.000 empresas já usam a solução. Ao todo, o Mozy já conta também com 20 bi de arquivos de clientes armazenados em sua plataforma. “É uma solução de backup muito maleável que atende os mais variados sistemas como Mac, Windows, Android e iOS”, explica Antonio Mocelim, diretor da M3Corp.

O uso do backup é fácil e rápido. Em apenas quatro passos:

1.      O administrador configura as políticas de backup e de retenção;

2.      Um agente leve é instalado nos laptops, desktops e servidores;

3.      Os dados são criptografados e enviados para servidor criptografado online;

4.      Acontece o backup online automático em segundo plano, sem qualquer interação do usuário.

“Toda a configuração ocorre em segundos e o administrador tem a possibilidade de selecionar os tipos de arquivos e não somente as pastas, possibilitando a cópia de qualquer arquivo do tipo XLS, por exemplo, independente de onde ele esteja no computador”, completa Mocelim.

Entre as vantagens do Mozy estão:

– Criptografia: criadas e gerenciadas pelo cliente; armazena os blobs; sem depósito de chave ou descodificador e comunicação criptografada SSL;

– Auditoria e verificação por terceiros;

– Data centers seguros.

Em relação à segurança, é possível classificar três principais diferenciais em comparação ao mercado: varredura e seleção de arquivos de forma automática; cronograma para backup automático; seis modos de recuperação de dados e local, incremental e instancia única de backup.

 

“Uma solução que chega para oferecer segurança móvel e online para o mercado corporativo de alta qualidade”, finaliza o diretor da M3Corp, principal parceria EMC no Brasil.

Sobre a M3Corp (www.m3corp.com.br): Especializada em serviços de internet, a M3Corp possui profissionais com mais de 10 anos de experiência no mercado. Entre seus serviços estão: Consultoria, com destaque ao SaaS. Com cerca de 80.000 licenças, mais de 230 canais e 50 parceiros na América Latina, entre Chile, Colômbia, México e Equador, a M3Corp é referência em segurança antivírus para o mercado corporativo.

Tintas MC investe em TI para segurança de dados em 39 lojas

Implantação feita em menos de 40 horas do antivírus Sophos Endpoint, pela Dracones IT e M3Corp, especializada em segurança de dados, permitiu à maior rede de lojas de tinas do país reduzir tempo de trabalho, padronizar operações e afetar positivamente a área de vendas da empresa

 

A Tintas MC, a maior rede de lojas de tintas do Brasil, com 39 lojas entre a grande São Paulo e baixada santista, e mais de 500 ativos de rede, apresentava um cenário de despadronização de rede, além de software de fornecedores variados, sem gestão unificada. O que gerava horas a mais no trabalho – para garantir a segurança e eficácia, link de dados e máquinas potentes. Além disso, segundo Marcelo Mendes, gerente de TI na Tintas MC, o ERP da empresa muitas vezes era lento, “deixando os usuários insatisfeitos e afetando também os nossos clientes, que acabavam reclamando”. A lentidão era causada por vários processos de update, que era necessário para corrigir as falhas de segurança e garantir uma rede de dados funcional e segura.

“Procurávamos uma ferramenta que fosse simples na implantação, segura e eficaz, tanto em relação as ameaças da web como no controle de cada computador, e que conseguisse contemplar segurança da informação e política de acesso a rede de computadores da empresa”, completa Mendes.

Como as Tintas MC possuem diversas lojas por todo o país, com a necessidade de economizar com a banda de internet, a Dracones IT, revenda altamente especializada em Sophos Endpoint e UTM, identificou grande potencial de melhorias e sugeriu a implementação do produto, que foi validado após breve período de testes.

Após analisar algumas ferramentas oferecidas pelo mercado e o comportamento dos usuários da rede, a área de TI da Tintas MC constatou que seria necessário um sistema que aliasse antivírus, controle de acesso à web, acesso a dispositivos (pen drive, celulares e câmeras fotográficas), firewall, proteção contra intrusos e ferramenta que rodasse nas plataformas Windows e Linux. “Investimos então, em uma mensalidade de R$ 3,80 por computador, para solução de antivírus Sophos Endpoint, oferecida pela Dracones IT e M3Corp, especializadas em segurança de dados”, descreve Marcelo Mendes.

“O atendimento, qualidade da informação sobre o produto e a garantia de segurança da rede, oferecidos pela Dracones IT e M3Corp, fizeram toda diferença na escolha”, completa o gerente de TI.

Entre os benefícios conquistados pela empresa, que já foram identificados nas primeiras horas de implantação, estão controle de processos, bloqueio à alguns programas externos, o que afetou positivamente no tempo de trabalho dedicado e no poder de venda, que sentiu melhorias pela redução de chamados por lojas.

Como planos, a Tintas MC analisa a possibilidade de investir em novas ferramentas como Sophos UTM.

A Tintas MC encerrou o ano de 2012 com faturamento de R$ 95 milhões e para este ano planeja um incremento na casa dos 10 %. Já a M3Corp, que atua fortemente em países como Chile, Colômbia, Equador e México, busca novos parceiros no Brasil e tem novidades para o segundo semestre, em treinamento técnico destinado à profissionais de TI.

 

Sobre a M3Corp (www.m3corp.com.br): Especializada em serviços de internet, a M3Corp possui profissionais com mais de 10 anos de experiência no mercado. Entre seus serviços estão: Consultoria, com destaque ao SaaS. Com cerca de 80.000 licenças, mais de 170 canais e 50 parceiros na América Latina, entre Chile, Colombia, Mexico e Equador, a M3Corp é referência em segurança antivirus para o mercado corporativo.

Sobre a Dracones IT: (www.dracones.com.br): Especializada em infraestrutura e segurança de TI, a Dracones possui profissionais especializados e dezenas de instalações de Sophos de diversas complexidades em diversas cidades do Brasil.

M3Corp no Canal Tech.

Link de acesso: http://scup.it/3cc9